5 dicas para conservar seu biquíni

Desde que os biquínis sugiram no mundo moderno, em 1946, a peça de moda praia tornou-se uma das preferidas das mulheres dominando as areias e piscinas do mundo todo, sendo que o Brasil é referência na produção e consumo das peças.

Contar com um bom biquíni, que atenda as expectativas estéticas e de conforto é quase uma obrigação para as mulheres que observando alguns cuidados podem contar com a peça em suas características originais por muito mais tempo.

Uns tempos atras demos dicas de como conservar sua roupa intima, hoje iremos falar como fazer para conservar melhor suas roupas de praia.

Como conservar seu biquíni

O estresse ao quais os fios que compõe o tecido de seu biquíni com o tempo causam desgaste ao mesmo, podendo esgarçar, perder a elasticidade, cor etc. Observando as dicas abaixo você irá conservar sua peça de moda praia por muito mais tempo, confira!

Cuidado com os contatos:

Produtos cosméticos como cremes, óleos e bronzeadores assim como aqueles categorizados como químicos devem ficar sempre longe de seus biquínis, para que eles não alterem a estrutura do tecido.

Além disso, deve evitar o máximo possível de contato com áreas abrasivas, como areia e as pedras presentes em pisos que circundam piscinas. Quando não houver cadeiras, minimize o contato do tecido com essas superfícies com uma canga ou toalha.

Para o sol prefira as cores neutras:

Muitas mulheres gostam de seus biquínis em cores luminosas e fluorescentes, contudo elas são mais sensíveis à luz solar que pode levar ao desbotamento ou surgimento de manchas.

Da mesma forma as peças produzidas em branco quando em exposição elevada ao sol e ao suor podem ficara amareladas.

Por isso naqueles dias que seu objetivo for passar horas no sol de preferência as cores neutras como o marrom, ou mesmo tons de beges, e deixe seus biquínis mais coloridos ou brancos para usos mais esporádicos.

O Cloro é um inimigo do elastano:

O cloro presente nas piscinas é o principal inimigo do elastano, tecido com o qual grande parte das peças de moda praia são produzidas, por isso o ideal é que durante aqueles dias que pretende ficar horas dentro da água optar por peças que já tenham um maior tempo de uso evitando assim expor as mais novas a esse alto nível de estresse.

Usou? Lavou!

Para diminuir os efeitos do cloro, da água do mar e mesmo do suor no tecido de seus biquínis é preciso adquirir o hábito de lavar as peças logo após o seu uso, sempre à mão, com água abundante e com sabão neutro, evitando torcer e deixar de molho.

Para evitar desbotamentos deixe sempre às mesmas secarem a sombra.

tenha cuidado na hora de lavar e guardar
tenha cuidado na hora de lavar e guardar

Guarde do jeito certo:

Após a lavagem, deixe seus biquínis secarem bem, nunca guardando os mesmos molhados para que não ocorra o surgimento de maus cheiros, mofos etc.

De preferência a locais arejados e no caso dos modelos que possuam bojos deve sempre se lembrar de guardar os mesmos abertos para evitar a formação de estrias no tecido.

Seguindo essas dicas seus biquínis vão continuar lindos por muito mais tempo!

Gostou? Confira outras dicas em nossa sessão do blog

Ficou com dúvidas ou possui sugestões? Deixe um comentário!

Até aproxima!

Compartilhar

2 comentários em “5 dicas para conservar seu biquíni”

Deixe um comentário